terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Crônicas da AFUMECA - A Origem

By Dado & Rangel
.
.
As crônicas da AFUMECA, surgiram a partir da velha mania que nós botonistas temos de "humanizar" nossos botões. Tudo começou quando o Dado (Luiz Eduardo Delgado) começou a fazer comentários após os seus jogos, via e_mail, colocando características humanas nos botões. Diga-se de passagem que o time de botões do Dado, o Santa Tecla, existiu em Pelotas RS, e veio para as mesas porque o Dado encontrou uma foto antiga da equipe em que seu pai, já falecido, fazia parte do time. Na escalação do Santa Tecla do Dado, além do seu pai estão seus amigos, inclusive o craque da época, Catita. Pois bem, conforme o dado ia enviando os e_mails, retratando a realidade e os lances da partida, o Rangel ia respondendo ou "retrucando", estendendo e fantasiando os comentários para acontecimentos extra-campo, especialmente envolvendo o jogador Catita, craque dos gramados que se tornou um pseudo-craque do futmesa.
Para quem gosta de um pouco de fantasia, especialmente a de colocar vida nos botões, divirtam-se!
Catita do Santa tecla é o personagem central das
Crônicas da AFUMECA
 .
Sol a pino e o adversário cai de quatro
.
Na última edição da Taça Libertadores da AFUMECA. Numa chave de sete técnicos, onde classificavam-se três para a fase final, O Dado e o Deco, mais experientes, eram apontados como favoritos à classificação e os outros, na maioria "marinheiros de primeira viagem", brigariam pela terceira vaga. Acontece que o Dado começou muito mau, perdeu duas partidas, verdadeiras "zebras", que colocaram em risco sua classificação e foi para o terceiro jogo correndo risco de perder a vaga...  
.
Na boca do túnel o capitão do Santa Tecla chama seus companheiros e diz: "Gurizada só termina quando acaba!". Foi assim que, após ouvir do técnico a evocação da "alma uruguaia", dos tempos em que treinava o Peñarol, o Santa entrou em campo.
Além do ânimo dos jogadores o Santa contou com um erro do nutricionista da equipe adversária que ofereceu o almoço para os jogadores muito próximo ao horário do jogo. Os próprios jogadores do Santa perceberam: “Os caras tavam meio sonolento e dai fomos pra cima”, disse Francisco.
Com o sol a pino, um calor infernal e o adversário com sono, não deu outra, o placar mesmo que elástico, como sempre, não contou toda a história do jogo.
Liberado pelo departamento médico e tendo uma atenção especial da diretoria que contratou o Dr. Hélio, psicólogo especialista em psicologia esportiva, Catita voltou a reinar no tablado e mesmo tendo perdido várias oportunidades de gol voltou a marcar e alegrar a torcida santistateclense. Mesmo tendo várias oportunidades de gol e com o centroavante João infernizando a zaga com suas bolas de rebote, o  lance mais bonito coube a Edir que, correu de sua área até o meio campo e acertou um petardo que explodiu no poste direito da meta adversária. Até o silencio se calou para escutar a ressonância do "timmmmmmmmm” que a pelota fez em seu contato com o ferro frio.
Assim foi o time do Santa Tecla no dia de hoje.
Após o jogo a delegação foi almoçar, seguindo as recomendações de sua nutricionista, evitando exageros, já visando o jogo decisivo de amanhã. Catita ao ver seu prato de salada já foi logo reclamando cheio de razão: “Vamo para de frescura, eu quero é massa!” Após a reclamação Catita foi imediatamente atendido pelos garçons, mas pode? Pode, Catita pode!
E o  placar? Ah sim! O placar foi 4 x 0 para o Santa Tecla!
.
Catita o pseudo-craque
.
É mas “nem tudo esta tranqüilo no reino da Dinamarca”, dizem as “más línguas” que, emocionado após a vitória o “pseudo-craque” Catita se emocionou com o “aue” pós jogo e literalmente “caiu na gandaia”. Algumas pessoas garantem ter visto o jogador acompanhado de quatro mulheres em seu “fusca milidu”, em alta velocidade pela Avenida Brasil, na noite de ontem. Se não bastasse, dizem também que ele, completamente embriagado, estava sem roupas e andava com a cabeça para fora da janela do veículo gritando: É nóis!!! É nóis na primeira e Dilma presidente!!! Alguns transeuntes indignados jogaram objetos no jogador que inclusive esta com um corte no supercílio. Hoje pela manhã, visivelmente abatido, utilizando óculos escuros, de fazer inveja, o jogador respondeu o seguinte: “É tudo mentira!!! Passei a noite com a minha mãe que esta doente, coitadinha... E vocês ficam inventando história. Assim não dá pra ser feliz!!!” Em relação ao corte no supercílio o jogador garante: “Ué!!! Vocês não lembram do Roberto Jeferson? Então, foi a mesma coisa! Fui pegar um remédio pra mamãe numa gaveta do armário, resvalei e “acertei na quina!!!” A diretoria, como sempre, protege o jogador e o técnico já confirmou sua participação no jogo decisivo de hoje.
.
Fusca "milidu" do Catita visto logo após o jogo saindo do Canário
.
"Depois da tempestade vem a bonança" (B-o-n-a-n-ç-a? Que palavra safada. Se escreve com "z" ou com "s"? Que nada, é com "'ç" mesmo, BONANÇA: s.f. Estado do mar quando o tempo favorece a navegação. Fig. Tranqüilidade, ventura, felicidade.). O ditado se cumpriu mais uma vez. Passada a ameaça de desclassificação na primeira fase da Taça Libertadores, o  Dado veio com tudo para a fase final e, depois de três vitórias consecutivas, chegou a vez de Rangel. Uma vitória do Santa Tecla confirmaria a excelente fase e colocaria Dado como candidato ao título. Rangel vinha atropelando todo mundo, não havia levado nenhum gol em dez partidas e era franco favorito na partida e no campeonato...   
.
Santa Tecla atropela "Tropa de Elite"
.
Que jogo! Aos 5 minutos o placar marcava Vasco (Rangel) 2 x 0 Santa Tecla (Dado). O começo fora tumultuado devido a uma escolha equivocada das travas das chuteiras que proporcionaram dois chutes, muito bem aproveitados pela equipe vascaína. O erro do técnico Rangel foi de achar que seria mais uma goleada. O Santa, por sua vez teve tranqüilidade, foi  reposicionando-se em campo e com uma roubada de bola magistral de Catita, com direito a balãozinho no adversário, começou a reação. Depois da roubada de bola, Catita passou para Galego que vindo de seu campo em um chute cruzado marcou aquele que seria o primeiro gol sofrido pelo técnico Rangel no campeonato. O Santa ainda marcou mais dois gols e o adversário, não acostumado a jogar no prejuízo, desestabilizou-se. Com tranquilidade e uma exibição perfeita do goleiro Natálio o Santa levou o jogo para o campo do time adversário deixando o tempo passar.
Placar final Santa 3 x 2 Vasco.
Após o jogo mais uma de nosso pseudo-craque... Catita foi visto ontem a noite, após a partida numa “boite”, emocionado com a vitória e aprontando das suas. Segundo informações ele foi parar na delegacia, completamente embriagado. Os policiais, inclusive, tiveram dificuldades de conter o atleta. O delegado de plantão comentou também que, no auge de seu êxtase, Catita gritava: “É nóis!!! Domingo foi o Serra hoje foi o Rangel!!! A Libertadores é nossa!!! Santa Tecra, Santa Tecra!!!”
.
Na boite Catita até caiu tentando dançar no "queijinho"
.
Catita tentou resistir a prisão mas acabou mesmo dormindo na DP
 .
Depois da brilhante vitória sobre Rangel, dado enfrentou Pelé (Francisco Castanheira) e um outro ditado também se cumpriu...
.
"Quem nunca come melado quando come se lambuza!"
.
Em um jogo festivo contra o Liverpool, time treinado pelo técnico Pelé (Edson “Antes” do Nascimento) onde foram comemorados os seus 70 anos de “inexistência”, o Santa perdeu a oportunidade de se isolar na liderança do certame. O placar chegou a estar 2 a 1 para o Santa mas, com o jogo partindo para seus minutos finais começaram os problemas... Quando tentou um chute muito arriscado, na tentativa de liquidar a fatura, o jogador do Santa cometeu uma falta e, na cobrança, o Liverpool empatou o jogo. O técnico Dado pediu desculpas para a torcida que entendeu: "Era um jogo festivo e estávamos cansados pelo jogo anterior que foi muito desgastante contra o Vasco. Também se deve um pouco a nossa emoção pelo resultado anterior, entramos de salto alto."

Lambuzar: v.t. Besuntar, untar, engordurar, sujar com matéria pegajosa.

Um comentário:

  1. Boa tarde gurizada!!

    Quero convidá-los a acessar nosso Blog, Identidade FM, para conhecerem as novas maletas da Juventus de Nilmar Faccin e do Corinthians de Quinhos, ambos da Regra Gaúcha.

    http://identidadefm.blogspot.com/

    Grande Abraço.

    ResponderExcluir