terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Santa Tecla abre temporada 2011

Das crônicas da AFUMECA by Dado & Rangel


Depois da franca recuperação na Taça Libertadores no final da temporada passada, graças aos treinamentos intensivos e as medidas disciplinares adotadas pela diretoria, o time do Santa Tecla esta pronto para iniciar a temporada 2011. O técnico Dado depois de longa reflexão no período de férias também esta de bem com a vida, reuniu todos os seus jogadores para “lavar a roupa suja” e tudo parece se encaminhar para uma excelente temporada.
Com todos os acertos financeiros já realizados, neste clima de tranqüilidade e confiança o Santa Tecla realizou seu primeiro jogo treino na pré-temporada. A partida aconteceu no último sábado (30/jan) contra um adversário bastante ilustre, o Liverpool, treinado pelo fabuloso técnico Victor “Panda”:
Para o técnico Dado, que nas horas vagas trabalha como veterinário de um zoológico como forma de completar o orçamento, devido aos baixos salários pagos pelo Santa Tecla e às sucessivas crises financeiras, foi um momento único: a possibilidade de estar tão perto de um animal ameaçado de extinção como o Ailuropoda melanoleuca. Diante de um adversário tão poderoso, o Santa não tinha a perder, foi lá...e não perdeu! Aos dois minutos de jogo Francisco abriu o placar e inflamou a torcida que enlouquecida passou a gritar chamando-o de Zoletil, anestésico utilizado em Pandas. Mas o bichão não caiu de todo e, mesmo sob o efeito do anestésico aplicado por Francisco, conseguiu empatar logo em seguida. Com a falta de precisão no cálculo do anestésico só restava ao Santa Tecla muita garra para a contenção mecânica do seu adversário e, após uma linda defesa de Natálio, João foi lançado e com o goleiro batido só escorregou a bola que foi dormir tranqüila na meta adversária. Segundo João o lance deu-se da seguinte forma: "Quando vi aquele bichão, todo meigo e deitado, só toquei de lado e corri pro abraço, depois do jogo corri para uma loja de brinquedos, pois minha filha ligou pedindo pra comprar um de pelúcia, comprei um bem grandão, espero que dure, saiu caro!"
Mas o devorador de bambus não estava morto e já nos momentos finais da partida o Santa Tecla, exausto pela tentativa de conter seu feroz oponente, permitiu o empate. A Diretoria gostou do que viu, afinal era a primeira atividade de pré-temporada.

E o Catita?

Bem o Catita parecia mais preocupado com sua homenagem e participação no carnaval pelotense do que em jogar futebol. O jogador teve uma apresentação muito discreta na partida, parecendo estar se poupando para as folias de Momo, pois afinal, ficará uma semana se dedicando ao carnaval, o que vai lhe exigir muito preparo físico. Como todos sabem, Catita vai desfilar na ala Vilagge People na escola de samba HeteroFlex de Pelotas. Catita, inclusive, já vem adiantando alguma coisa de como será sua performance no carnaval. Semana passada o craque foi flagrado com uma turma de "amigos" no Cowboy Saloon vestido a rigor.
.
.
No ano passado o jogador recebeu muitas críticas por seu comportamento extra-campo, principalmente por seu envolvimento em confusões, embriagues e aventuras amorosas. Questionado sobre isto o craque, no velho estilo galdério, da o seguinte recado: ”Bato bola fora de campo sim, cada um que cuide da sua vida! Sexo antes e depois dos jogos só faz bem tche! Vocês vão ver nesta temporada!!! Tô metendo todas!!!
Acontece que depois desta homenagem no carnaval a virilidade do jogador esta sendo colocada em questão.

Afinal de contas, neste bate bolas fora de campo, o pseudo-craque Catita é passivo ou ativo?

Estamos de olho!

Um comentário:

  1. Boa tarde gurizada!!

    Quero convidá-los a acessar nosso Blog, Identidade FM, para conhecerem as novas maletas do River Plate de Silvinho da ARFM e do Independiente de Julio Cossito Toldo do Rio de Janeiro.

    http://identidadefm.blogspot.com/

    Grande Abraço.

    ResponderExcluir